Rosangela Demetrio


Seu negócio precisa de energia?

Muitas empresas ainda não conseguiram se recuperar da última crise financeira, e lutam para revitalizar seus negócios e escapar da falência. Algumas até esperam um milagre de última hora

Administrar em época de crise não é fácil para nenhum segmento de mercado. No entanto, desesperar-se não ajudará em nada, muito menos na tomada de decisões importantes. Minha sugestão é planejar ações de recuperação progressivas e seguir o roteiro de forma flexível, pois sempre existem aqueles imprevistos contornáveis, que aparecem no meio do caminho.

Defina o problema que atingiu sua empresa. Concorrentes levaram seus clientes?  Isso foi o que aconteceu com as montadoras dos EUA quando vieram as japonesas, coreanas e, mais recentemente, as chinesas. Os mercados mudam, mas o negócio é o mesmo. Cada vez mais consumidores querem carros novos, confortáveis e econômicos. Ganha o mercado quem se modernizar e souber como conquistar os clientes.

Analise o gráfico dos lucros anuais. Lembre-se de como foram as vendas naquele ano de maiores índices de lucro, como aconteceu, quais os principais motivos, o que mudou de lá para cá. Leve em consideração que de quatro em quatro anos, de um modo geral, mas principalmente no Brasil, acontecem eventos grandes que alteram o mercado, como a Copa do Mundo e as eleições. Analise também como está a vida de seus maiores clientes. O mercado deles também pode ter se complicado nos últimos tempos. Todas essas análises vão te ajudar a tomar decisões e mudar a rota.

Entenda que existe grande diferença entre o que os clientes desejam e o que eles precisam. Pergunte isso a eles. Pesquise. Existem empresas gabaritadas para fazer a Pesquisa de Satisfação com seus clientes. Este é um exercício interessante para qualquer negócio, mas para a empresa em dificuldades, é um passo necessário antes de fazer investimentos significativos numa retomada sem critério. Incremente essa pesquisa para saber quais os meios de comunicação utilizados por seus clientes, como eles se atualizam, o que leem, se jornal impresso ou online. Isso é importantíssimo. Você poderá assim planejar suas ações de marketing e publicitárias. De nada adianta você publicar um anúncio numa revista impressa semanal, se a maioria de seus clientes é da Geração Y e só acessa esse tipo de conteúdo pela internet. Neste caso, recomendo o uso de E-mail Marketing, publicidade nas redes sociais, sites de descontos com vendas em grupo, como, por exemplo, o Groupon, o Peixe Urbano, entre outros.

Fique atento! Na próxima semana, seguiremos com outras dicas para a recuperação do seu negócio.

Artigo publicado no Jornal Empresas & Negócios, em 23/fev/2011

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: