Rosangela Demetrio


A expansão do Catering, um dos segmentos de logística que mais crescem

Quem está distante desse mercado quase não nota as empresas que atendem ao mercado de catering. Entretanto, sua importância está justamente no fato delas passarem despercebidas ao cliente final  

O catering promove serviços alimentares em lugares remotos ou de difícil alcance, assim como prestar serviços alimentares em eventos marítimos e até em catástrofes. Quando acontece um terremoto, por exemplo, as vítimas precisam de alimentos e outros produtos muito rapidamente, e este abastecimento geralmente é feito por empresas de catering. Se o alimento precisa chegar a lugares difíceis e distantes, o catering se faz necessário. Um exemplo clássico foi o serviço prestado durante a Segunda Guerra Mundial, em que milhares de pessoas escondidas em abrigos londrinos foram alimentadas.

Hoje, existe um vasto campo para o catering referente ao abastecimento de plataformas e navios em alto mar. Suas necessidades vão desde as mais básicas e indispensáveis, como suprimentos para os próprios técnicos dessas plataformas, assim como para servir as refeições de milhares de pessoas que utilizam cruzeiros marítimos para fazer turismo, durante o ano todo. A Petrobras, por exemplo, tem centenas de pontos de consumo, entre plataformas e navios de produção e exploração, que embarcam cerca de 200 pessoas, cada um. Somando-se o montante anual que se gasta com catering, muito provavelmente as despesas da estatal ultrapassam a casa de um milhão de reais, por plataforma.

A grande maioria dos serviços de catering são terceirizados, motivando uma fatia de mercado capaz de movimentar milhões de reais todo ano. Com isso, a concorrência fica cada vez mais acirrada, com novos entrantes no setor e grandes investimentos, devido à atraente abertura do mercado petrolífero brasileiro para empresas estrangeiras.

Todo o material utilizado nesse tipo de prestação de serviços é transportado por navios até as plataformas. Porém, o trecho até o porto de embarque é de responsabilidade da contratada e pode ser feito de forma intermodal ou apenas terrestre. Para isso são necessários empilhadeiras, caminhões, carretas, vans, entre outros equipamentos. Além dos alimentos e suprimentos propriamente ditos, um grande número de pessoas qualificadas também precisa chegar ao local para executar os trabalhos de preparação.  Os alimentos, em certas ocasiões, precisam ser transportados com climatização, e muitas vezes, todo um serviço de hotelaria flutuante é oferecido aos clientes em áreas de exploração offshore. O chamado full catering abrange tudo que diz respeito à alimentação, acomodação, entretenimento, manutenção e limpeza.

Artigo publicado no Jornal Empresas & Negócios, em 11/mai/2011.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: