Rosangela Demetrio


O segmento Pet vem preparado para 2011
26/01/2011, 22:25
Filed under: Artigos, Publicados no Jornal Empresas & Negócios | Tags: , ,

Este ano, as feiras especializadas em produtos dedicados aos animais de estimação ganham mais destaque e ampliam seus expositores no mundo todo

Abrindo a temporada de 2011, acontecerá, nesta semana, entre os dias 21 e 23 de janeiro, a India International Pet Trade Fair, em Nova Delhi. Já em março, o setor contará com as feiras em Atlanta (EUA), que será realizada de 3 a 6, em Shangai (China), nos dias 11, 12 e 13, e em Tokyo, de 23 a 27, além das outras programadas mais para o final do ano. Com tantas feiras dedicadas ao segmento Pet, o comércio se aquece, movimentando exportações, importações, o mercado de atacado e de varejo, o setor de franquias e os pequenos negócios. O volume de negócios realizados é bastante significativo. Nos Estados Unidos, por exemplo, só em 2010 foram gastos cerca de US$ 47,7 bilhões com os peludos, que participam até mesmo de desfiles de moda.

Moradores dos centros urbanos cada vez mais se dedicam aos seus bichinhos de estimação. A tendência do encasulamento estimula essa prática, pois ficando mais tempo em casa, o convívio com os animais aumenta, o que requer maiores gastos com seus mimos, cuidados, higiene e saúde. Com isso, nossos “filhotes” acabam ganhando um estilo próprio de vida.

Toda essa demanda faz crescer o mix de produtos do segmento. E não pense que são produtos apenas dedicados ao banho e tosa. Atualmente, existem até joias para os bichinhos da high society. O resultado são feiras especializadas, que ficam cada vez maiores e abrangentes. Numa feira Pet, os setores costumam ser separados por temas, como por exemplo: – Alimentos: rações para animais domésticos, peixes, aves, biscoitos, snacks e petiscos; – Produtos para o aconchego dos animais: gaiolas, cobertores, roupas, casas, mobílias, brinquedos, paisagem aquática, aquários; – Os próprios animais vivos: peixes, coelhos, aves ornamentais, iguanas, pequenos roedores, tartarugas, répteis, além de cães e gatos; – Produtos para saúde e enfermagem; – Serviços diversos: medicina veterinária e silvestre, vacinas, produtos especializados para obesidade animal ou sedentarismo, limpeza de aquários e gaiolas, clínicas, academia para cães atletas, colônias de férias para os estressados, hotéis e motéis para passar alguns dias, fotos, instalações, passeios ao ar livre, decoração, publicações, etc.

Existe até um pessoal desenvolvendo estampas especiais para confecção de roupas e acessórios para os bichinhos. Enfim, a criatividade desse mercado parece não ter limites, para alegria de donos carinhosos e dedicados.

Artigo publicado no Jornal Empresas e Negócios, em 19/01/2011.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: