Rosangela Demetrio


Retail’s Big Show comemora 100 anos

De 9 a 12 de janeiro, Nova Iorque sedia o evento mais esperado pelo varejo internacional: a 100ª edição do Retail’s Big Show

Trata-se de um evento anual que reúne grandes players do mercado varejista do mundo todo. Ali são apresentadas as novidades e tendências para o ano seguinte. Algumas das tendências mais atraentes para os executivos do varejo são proporcionar ao consumidor novas experiências dentro das lojas e aproveitar as oportunidades criadas pelas mensagens via mobile. Além desses temas, a sustentabilidade, novos conceitos, o desenvolvimento tecnológico e o comportamento do consumidor foram discutidos durante todo o evento.  Cerca de 800 brasileiros passearam pelos pavilhões do Jacob K. Javits Convention Center e puderam compartilhar suas experiências com os outros visitantes.

O charme da edição deste ano ficou por conta de seu centenário. Foi a celebração de 100 anos, oferecendo excelentes oportunidades de fazer contatos profissionais e encontrar soluções para o varejo.

O painel de conferências conta com aproximadamente 20 palestras em cada um dos dias do evento, nas quais executivos renomados apresentam seus cases, analisam o atual estado de recuperação da economia global, as perspectivas para o próximo ano e em quê isso afeta a indústria do varejo.

O grande foco das atenções ficou por conta da comunicação móvel. É um grande avanço para o comércio o fato de o consumidor ter ao seu alcance, ferramentas que o possibilitam realizar a compra e efetuar o pagamento de forma instantânea, por meio do celular. Entretanto, a loja deverá estar preparada para atuar também com essa nova tecnologia. A integração dos sistemas da loja já é prioridade para a maioria das grandes redes varejistas, porém sua vasta extensão de possibilidades tornou-se um desafio. Pagamentos por celular serão cada vez mais frequentes e para desvendar o mistério do mobile, os executivos ligados à área de TI, presentes ao evento, prometem apresentações reveladoras.

As palestras sobre sustentabilidade também surpreendem pela grande audiência. Para os comerciantes e profissionais de marketing, ser “verde” não é mais uma questão política, mas moral. No entanto, uma ação “verde” em Estocolmo é muito diferente do que a mesma ação no Rio de Janeiro. A complexidade do tema se estende desde o design da loja até a cultura operacional. Um dos estudos discutidos no congresso revelou que a sustentabilidade irá evoluir como um fator-chave que determinará a preferência do consumidor pela loja. Um planejamento estruturado e estratégias de sustentabilidade podem beneficiar não só o planeta e as pessoas, mas também determinar uma conduta empresarial.

Artigo publicado pelo Jornal Empresas&Negócios, em 12/01/2011.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: