Rosangela Demetrio


O Google e as férias

O famoso buscador, que virou praticamente uma necessidade para quem usa a internet, pode ajudar a prevenir alguns dissabores na escolha do roteiro de férias

Os negócios de fim de ano estão em alta e muito disso se deve à facilidade de acesso à internet. Afinal, as férias estão aí e quantas e quantas pessoas vão consultar o Google para buscar roteiros de viagem ou passeio, horários de saída e chegada de transportes aéreos e rodoviários, ou simplesmente verificar o caminho para uma ou outra praia. Donos de pousadas, hotéis e agências de viagens, por sua vez, também procuram ter seus sites com bom número de visitantes, a fim de garantir relativa vantagem nas buscas. Quanto mais alto é o índice de visitação de um site, mais no topo da página do Google ele aparece, o que acaba transformando esta ferramenta, em uma ajuda e tanto, pois, além de estreitar o caminho entre essas empresas e os clientes, facilita contatos e impulsiona as vendas.

O Google oferece uma gama tão grande de facilidades para quem usa a internet, que se tornou “o básico”. O bom é que ele funciona. Pelo Google podemos buscar praticamente tudo, desde que publicado na web. Imagens de obras de arte, monografias, informações sobre lojas de um segmento específico, manuais, aulas, imagens de satélites, mapas, vídeos diversos no Youtube e tudo mais que a nossa imaginação permitir. A última atração que se popularizou há poucos meses é o Google Street View, pelo qual podemos ver a imagem captada de quase 100% dos endereços urbanos do planeta.

Pensando pelo lado das férias e possíveis viagens, a forma mais segura de se escolher um bom roteiro é primeiramente encontrar o endereço da melhor pousada pelo buscador do Google. Com o endereço conhecido, passar para a segunda etapa, que seria buscar no Street View as imagens do local da pousada escolhida. É possível ver a rua, a fachada, o telhado, enfim…, toda a parte externa e a rua. Assim, se esse for realmente o destino escolhido para passar as férias, já é possível se prevenir, por exemplo, quanto a distância até a praia, ou até o supermercado mais próximo, o tipo de rua, se com asfalto ou de terra, entre outras coisas.

E essas são somente algumas das ferramentas mais modernas do Google, sem falar do seu mais recente Tradutor Automático, o iGoogle (adiciona notícias, jogos, etc. à página inicial), o Google Docs (permite compartilhamento de documentos e projetos online), o SketchUp (permite criação de modelos em 3D) e todo o Pack, um pacote com navegador, barra de ferramentas, o antivírus Avast, álbum de fotos Picasa, o Skype, Adobe Reader, RealPlayer, etc. Não é uma ferramenta e tanto?

Artigo publicado no Jornal Empresas&Negócios em 08/12/2010.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: