Rosangela Demetrio


Soluções interativas no PDV envolvem o consumidor

Criar uma atmosfera mágica no ponto de venda tem sido umas das estratégias de marketing que vem trazendo bons resultados ao varejo

Gerar no consumidor uma empatia com a marca é o ponto-chave para garantir boas vendas. O varejista já percebeu que o consumidor de hoje está com o poder de decisão. É ele que dita as regras do jogo. Muitas vezes um consumidor de dentro de uma loja, aciona a internet pelo celular e faz consultas de preço do produto desejado em outras lojas. Com uma oferta de preço melhor, ele detém a ferramenta necessária para negociar com o vendedor. Hoje, a informação é rápida e o consumidor atualizado, faz uso dessas ferramentas. O importante é que o varejista, por sua vez, também conheça e utilize a seu favor os recursos de última geração que estão disponíveis no mercado.

A comunicação interativa do PDV foi um dos temas discutidos no último congresso de varejo Retail’s Big Show, realizado em Nova York. Para crescer e agregar valor aos seus clientes, o varejista deve incluir em seu planejamento de expansão, formas de comunicação interativa no PDV. A vantagem disso é justamente a interatividade, a possibilidade de descobrir o que o consumidor deseja naquele momento, tornando possível satisfazer aquele desejo de compra com a marca que se quer vender. Se existem diversas marcas daquele produto no mercado, compete ao lojista influenciar positivamente o cliente a optar pela sua marca.

Já dispomos no mercado de diversas modelos de interatividade que vão desde provadores inteligentes, onde o consumidor entra para experimentar uma roupa e, ao olhar-se no espelho, pode trocar digitalmente a cor da peça escolhida, ou pode combiná-la com outras disponíveis na loja, obtendo um look interessante e, com isso, até mesmo ampliando o leque de compras. Muitas vezes, um acessório traz um charme a mais para aquela peça, e o consumidor poderá visualizar o efeito daquele produto na tela digital, ou no espelho. Isso é quase mágico, pois é uma ferramenta que está chegando ao mercado e ainda fascina o cliente. Outra novidade são as telinhas digitais nas prateleiras do supermercado, com alteração de preços em tempo real.  Ao passar pelas gôndolas ou prateleiras, o consumidor olhando para a plaqueta referente ao produto, poderá ter informações sobre o mesmo, inclusive o anúncio de ofertas, etc. É um tipo de comunicação moderna e eficiente.

Opções não faltam: são espelhos que mudam as cores das roupas, totens multimídia, telas touchscreen, jogos interativos e até canais especiais como o Ponto-de-Venda Falante, que é um dispositivo eletrônico que emite uma mensagem quando é acionado através da passagem do consumidor ou através do toque, transmitindo uma gravação de 15, 30 ou 60 segundos, que desperta a atenção do consumidor, gerando uma comunicação e um conteúdo por meio de uma linguagem de texto falado, com apelo tecnológico. Essa surpresa no cliente é um ponto positivo para a marca, ele prestará atenção na mensagem, podendo até mesmo querer ouvi-la novamente. Touché!

Artigo escrito por Rosangela Demetrio, publicado no jornal Empresas&Negócios, caderno Economia, página 5, em 24/março/2010. Qualquer reprodução deverá citar fonte e autoria.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: