Rosangela Demetrio


No varejo, inovação é fundamental

O que é preciso fazer para crescer e manter-se em posição satisfatória, diante de tanta concorrência no mercado de varejo? Essa é uma das principais questões entre lojistas e varejistas do mundo todo. E para responder a isso, inovação é a palavra-chave

Com a recessão, o caminho que se deve seguir não é o de voltar aos fundamentos iniciais do negócio, mas expandir sem repetir os erros.  A realidade brasileira hoje é de crescimento econômico. O Brasil é identificado lá fora como “a bola da vez”, um mercado com grandes oportunidades e a economia emergente mais importante da atualidade. Estamos passando por um momento onde a expansão do varejo é inevitável. Resta saber como encarar isso.

Aquele que não inovar, estará em desvantagem. São tantas as novidades na área do varejo, principalmente no que se refere ao atendimento. Todos sabem que o atendimento é ponto pacífico para conquistar e fidelizar a clientela. Porém, pouco é feito nesse sentido. O varejista precisa inovar, buscar novas formas de chamar a atenção do consumidor. Nesse processo, vale tudo, desde que de forma honesta. Afinal, concorrência desleal ninguém merece, nem nosso concorrente.

O cliente precisa ser acompanhado de perto, seus gostos e preferências deverão ser monitorados e estudados de forma a favorecer as vendas. A colocação de câmeras dentro da loja passou a ser uma ferramenta de marketing. Essas imagens podem ser utilizadas para que o comerciante estude o comportamento do cliente na loja, por qual corredor ele passa mais rápido ou devagar, se algum produto passa despercebido. Neste caso, providências devem ser tomadas, pois produto não visto é produto não vendido.

Preste atenção aos desejos do cliente. Faça com que ele se sinta importante para a loja, valorizado, bem-vindo quando chega. Fale sempre a verdade e adquira a confiança do consumidor. Se você não tem na loja o produto que ele deseja, indique o concorrente. O que tem isso de errado, se você não tem o produto? Ele vai se lembrar que você quis ajudá-lo, tentando solucionar o problema que ele tinha. As pessoas precisam de soluções.

Outro item muito importante: vista a loja. Ela deve impactar, ter uma identidade positiva e atraente. O Visual Merchandising é uma ferramenta de marketing muito utilizada nas lojas da Europa e está ganhando espaço também no Brasil. Produtos expostos de forma ambientada favorecem a venda. Decore a loja nas datas comemorativas, use e abuse de elementos tecnológicos, painéis, telões, identidade visual diferenciada, luz e até aromas. Todas as mensagens ficam na memória do consumidor. Na hora certa, ele vai se lembrar.

Artigo publicado no jornal Empresas&Negócios em 3/março/2010. Qualquer reprodução deverá citar fonte e autora.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: