Rosangela Demetrio


A importância da embalagem no processo logístico

A embalagem ganha cada vez mais importância na cadeia produtiva, demandando estudos que interferem até mesmo no design do produto

Devido ao papel estratégico da embalagem no processo logístico, seu designer deverá se informar com antecedência sobre todos os detalhes do produto que será embalado, conhecer sua resistência a choque mecânico (queda), pressão, temperatura, fragilidade, composição química, se ele é corrosivo, explosivo ou inflamável, a forma de armazenagem (condições ambientais de luz, temperatura e umidade), manuseio, identificação para controle, movimentação, distribuição e transporte.

Feito o estudo detalhado de todas essas variáveis, o designer poderá então desenvolver adequadamente a embalagem que melhor se adapte, física e economicamente, ao processo de logística de determinado produto. Importante destacar que cada país possui legislação própria, que também deve ser considerada, principalmente se a intenção da empresa é exportar.

Todos esses cuidados com a embalagem são resultado de experiências desastrosas ocorridas num passado não muito remoto, quando o designer do produto não “trocava figurinhas” com o designer da embalagem, cada qual se preocupando apenas com a sua parte no projeto. Um exemplo disso foi uma indústria de canetas para uso infantil, feitas no formato de pequenos camundongos, cujos rabinhos eram compridos, duros e em formato de “S”. Como embalar esses objetos para evitar quebras? A embalagem ficou mais cara do que o produto. Muitas vezes, embalagens grandes e num formato que não se deixam encaixar umas na outras, acarreta um acréscimo significativo nos custo de transporte, pois um container tem um espaço definido. Cabe ao projetista fazer caber dentro dele a maior quantidade de produto possível.

As despesas com transporte estão diretamente ligadas ao dimensionamento da embalagem. Em tempos de budgets enxutos, a logística de embalagem pode ser um diferencial relevante na apuração final dos custos. Além do fator custo, um projeto mal feito pode gerar a devolução da carga por avarias ou umidade no transporte.

Atualmente, outro avanço nessa área é que o mundo se volta para o uso de embalagens recicláveis. Empresas se deparam com barreiras internacionais sobre a procedência e o descarte de cada caixa, incentivando a maioria dos fabricantes a envolverem-se com as questões de sustentabilidade, reciclagem e baixa interferência no meio ambiente. Mais um item a ser considerado no processo logístico.

Artigo escrito pela jornalista Rosângela Demetrio, publicado no jornal Empresas & Negócios, em 21/out/2009, caderno Economia, página 5.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: